segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Grávida nos EUA

Oi minha gente!!
Tá tudo bem por aí?
Preciso contar aqui no blog sobre a novidade da gravidez!! Ebaaaaaa!!
Vamos lá!
Acho que já deu pra perceber que não sei brincar de casamento, né... Porque já enchi a barriga rapidinho rsrs Há quem diga que eu aprendi a brincar direitinho rsrs Enfim, graças a Deus fomos abençoados!
Como marinheira de primeira viagem, demorei um pouco pra captar os sinais. A menstruação atrasou uns dias, mas ficou saindo um marronzinho, então eu pensei: uma hora vai descer!
O tempo foi passando e nada... Daí comentei com uma amiga, e ela disse: Sem brincadeira, falando sério agora, já pensou num teste de gravidez? E eu falei que isso não fazia sentido! Se tinha marronzinho, como poderia ter bebezinho?! E ela disse: Aconteceu assim comigo, e eu estava grávida! Misericórdia!!!! Corri pra marido e falei isso, né. Ele nem deu muita importância e falou que qualquer hora a gente via isso. Então relaxei e deixei pra lá... Passou-se mais alguns dias e amanheci sangrando.. Daí logo pensei que a menstruação estava chegando. Então, não chegou! Foi um sangramento rápido, poucos minutos e não tinha mais nada. Daaaaííí sim ficamos assustados, porque eu pensei que poderia estar com algum problema de saúde. Maaaas voltei na amiga, e ela insistiu no teste antes de procurar um médico. Consultei então o Dr Google que me disse que quando um óvulo implanta, pode acontecer um sangramento. Então fui juntando tudo e pensei que poderia estar mesmo grávida. Vocês devem estar pensando: Que demora é essa pra fazer logo um teste, né? Pois é, a pessoa aqui é meio descrente e custa a cair a ficha.
Pois bem, fomos ao Walmart e compramos um teste de $0,88! O mais barato da prateleira, porque eu tinha em mente que não estava grávida, e que não fazia sentido gastar dinheiro com teste bom.
No domingo pela manhã, acordei pra fazer xixi e resolvi fazer o teste... Sozinha mesmo.
Gente! Muito rapidamente a segunda faixinha apareceu! Eu quase caí no banheiro! Corri e acordei marido... Tadinho, no maior susto ele pediu pra acender a luz e pegar o óculos dele rsrsrs
Quando ele viu o teste, ficou todo feliz me abraçando, e eu nem movia os braços, porque a minha cabeça já estava imaginando a criança na escola, todos os gastos... $$$$$ Eu já estava pirando, e ele comemorando...
Maaaaas eu o lembrei de uma coisa, o teste havia custado apenas $0,88. Claro que não prestava, né. Daí ele concordou e me mandou no Kroger aqui pertinho de casa pra comprar outros teste, da melhor marca! Comprei! Vinha dois na caixinha. Danei a beber água e novamente xixi! Resultado: positivo! 
Nessa hora, eu vou ser sincera que fiquei feliz! Eu não sei o que acontece, mas de fato é coisa de Deus! No primeiro teste eu assustei e não soube como reagir, mas no segundo eu já estava me considerando mãe e queria mesmo que desse positivo. Olha que coisa maluca, né?
Só que agora eu queria certeza absoluta com exame de sangue. No dia seguinte, logo cedo fiz o outro teste, já que vinha dois na caixinha né... e a faixinha ficou meio clara! Pronto, a bitolada aqui já achou que tava tudo errado. O bom é que marido conseguiu consulta para o mesmo dia, e fomos lá no fim da tarde. Eles novamente fizeram um teste de urina, que também deu positivo (pra quem se perdeu, foram 4 testes... E não me chamem de maluca! Tenho as fotos logo abaixo, pra comprovar que fiz mesmo!) e também colheram sangue para o exame que só ficaria pronto em 3 dias.







Durante a consulta expliquei para o médico dos marronzinhos, sangramento e tals... E o médico disse que pela quantidade de hormônios iríamos saber se o sangramento foi algo ruim ou a implantação do óvulo... E por esse número também daria pra ter ideia de quantas semanas de gestação.
Saí de lá ainda sem ter 100% de certeza, mas marido estava na maior felicidade do planeta, né. Certo de que seria pai.
Na quinta-feira seguinte eis que o médico me liga e diz: Srª Kelly, parabéns! Está grávida mesmo! Os hormônios confirmaram!
Mas a srª Kelly ainda descrente, teve a capacidade de perguntar pra ele, a qual quantidade de hormônio... e ele disse: mais de 30.000!
Pronto, agora a ficha finalmente caiu!!! Estou grávida!!!
O primeiro pensamento: Agora preciso de ultrassonografia, quero ver o embrião (pessoa nunca está satisfeita)!!!
Eu não sei exatamente como as coisas funcionam no Brasil, mas aqui nos EUA, os médicos só realizam ultrassom depois de 8 semanas de gravidez. Fiz a primeira com 9 semanas.
Estava na ansiedade master, né... Porque eu só sei ler coisa negativa. Então já fui ler sobre gravidez ectópica (quando o embrião se forma fora do útero), e estava na maior preocupação se no meu caso estava tudo certinho no lugar. 
Chegamos ao consultório, preenchi 55 mil papeis e fomos para sala de ultrassom. Isso eu achei bem diferente, porque no Brasil as minhas amigas contaram que fizeram ultrassom com o médico obstetra. Aqui eu fui para um salinha e tinha uma médica que só faz ultrassons. Então tinha um monitor pra ela e outro de frente pra que marido e eu pudéssemos acompanhar o exame. Graças a Deus embrião no lugar certo, coração batendo direitinho! Foi uma benção.
Saímos de lá com umas fotinhas e bora pra outra sala esperar a obstetra. Eu tinha um fichário com meu diário de tudo que vinha acontecendo desde o início e uma aba com algumas perguntas. Mas a médica não foi legal. Ela conversou muito rápido, não tinha resposta pra tudo, e saiu da sala antes da gente. Foi muito doido. A única coisa que gostei, foi o livro que ela me deu!



Então marido conversou com o pessoal no trabalho, e outra colega indicou um novo médico. Marcamos um horário só pra conversar, conhecer e tals. Graças a Deus foi muito bom! Gostamos da clínica, do médico... E resolvemos ficar com esse.
Uma outra diferença entre os países... No Brasil a mulher faz o pré-natal inteiro com o mesmo médico e o parto também, né. Aqui você pode fazer o pré-natal com os outros médicos da mesma clínica e qualquer um deles pode fazer o teu parto. A princípio marido não gostou muito da ideia, mas eu achei interessante por alguns motivos:
- Em caso do médico ter uma emergência ou outro parto e não conseguir aparecer para realizar o meu, eu sei que terá outro médico que eu já conheço! Ao invés de ser um que esteja de plantão no hospital, e que eu não esteja familiarizada.
- Nessa clínica são 8 médicos ao todo, e eles têm acesso ao meu prontuário, ou seja, é bem pequena a chance de eu ter uma emergência e ter que passar com um novo médico que não saiba nada ao meu respeito, e eu tenha que contar todo o histórico novamente.
Enfim... Existem algumas diferenças com relação ao Brasil, mas que eu estou me adaptando e, honestamente, estou gostando!!!
Ahhhh já ia me esquecendo de outro ponto: exames em geral.
No Brasil passamos na consulta e o médico dá aquela lista com 955 exames pra fazer, né? Aqui não... A médica te fala tudo o que precisa ser feito, mas tudo é realizado lá mesmo! Olha que beleza!!! Fiz exame de sangue, urina, ultrassom da mama, ultrassom pra acompanhar a gravidez... TUDO no mesmo lugar! Não é incrível? Tive que ir ao endocrinologista também, e precisei fazer ultrassom. No final da consulta já fomos para salinha e realizamos o exame. Foi fantástico. Esse é um ponto positivo! E na hora (no caso de ultrassom ) já falam o resultado e pronto! #amei.
Sábado completei 16 semanas, graças a Deus! Quase fechando o 4º mês.
Fizemos 2 ultrassons, a segunda foi há pouco mais de uma semana, e foi bom para confirmar o tempo de gravidez. Porque meu ciclo era de 40 dias, e por conta disso, o médico tinha dito que eu poderia estar de menos semanas. Mas na hora do exame, a médica disse que estava tudo certo! Que pelo tamanho do feto, todo o desenvolvimento, eu estava no último dia das 14 semanas... 

Bom galera, por enquanto é isso!
Se tiver uma gravidinha lendo, ou se conhecerem alguma, indiquem o blog, please! Seria interessante conversar e trocar ideias nesse momento! Muito obrigada!

Daqui pra frente vou trazendo novidades dessa nova fase da minha vida. Estou me sentindo muito abençoada e feliz! Admito que me preocupo, mas preciso entregar tudo nas mãos de Deus e confiar!

Beijos e ótima semana!

Nenhum comentário:

Postar um comentário