sexta-feira, 21 de julho de 2017

Vida

O que escrever quando parece que todos os assuntos já foram abordados nas redes sociais?
A minha cabeça vive transbordando de questões a fim de viver melhor, de enxergar a vida com os olhos de uma criança e com a mente de um sábio idoso.
O tempo passa tão rápido! Eu fico pensando que outro dia eu estava om meus 17 anos terminando o colegial (na minha época ainda não usava-se o termo ensino médio), cheia de sonhos iniciando a minha vida profissional, a faculdade... E hoje já faz 17 anos desde que isso aconteceu! Tanto tempo já correu, e eu fico com o sentimento que ainda não aprendi a viver da melhor maneira completamente. Mas ao mesmo tempo sinto que já evoluí muito, e por isso a necessidade de escrever.
Na verdade eu não sinto que cresci, eu sei que isso aconteceu pela maneira como eu me comporto diante das situações da vida. Minha atitude é totalmente diferente do que já fora no passado.
Por exemplo, hoje estou vivendo um momento que eu chamaria de inesperado. Sou mãe e dona de casa em tempo integral. Eita, quem diria, né? O meu cérebro ainda não associou tanta mudança. O fato de estar em outro país nem é o que mexeu mais comigo, até porque eu sempre tive contato com o inglês, e desejava morar fora! Então essa parte é uma realização.
O que eu não imaginava é que teria um bebê (o mais lindo do mundo rsrs), e que iria dedicar meu tempo a ele e aos cuidados da casa. Infeliz? Tudo é questão de ponto de vista. Quando eu paro e enxergo tudo com os olhos da Débora que levou os estudos a sério, e que sonhava com uma carreira sólida, sim! Aquela Débora sente-se infeliz em alguns momentos (e já orando pra melhorar isso!). Mas quando eu vejo meu marido na correria tentando fazer o melhor pela família, e quando observo os olhinhos do nosso pequeno descobrindo esse mundo, não! Essa Débora sente-se realizada!
Aí entra o meu crescimento! Como falei, ainda não associei tudo isso, mas estou certa de que faz parte do plano de Deus.
Eu queria morar fora? Claro!!!!! Era o sonho da vida!! Eu brincava com as minhas amigas dizendo que eu viria pra cá, e que ia usar tanto o inglês, que até meus sonhos seriam no idioma rsrs (e realmente isso acontece)!
E eu era tão maluca com isso, que chegou um momento que eu comecei a organizar minha vida para esse fim. Eu passei o dia de Natal em 2013 arrumando toda a minha casa, gavetas, cd's, dvd's, livros, documentos! Tudo! Porque eu acreditava que algo novo viria em breve.
Em 2015 eu fiz um brechó e vendi todos meus sapatos de saltos, organizei meu closet, doei e vendi roupas, perfumes, acessórios... Olha que loucura! Eu não tinha nada, nadica de nada em vista. Mas cada vez que eu tentava viver algo que me tirava desse plano, parecia que eu estava nadando contra a maré. E por isso eu ficava tão inconformada de não ver as coisas acontecerem. Eu pensava: Poxa, acreditei tanto, me preparei e aí? Mas quando cheguei ao limite, e já não mais enxergava esperança nisso, tudo tornou-se real! Deus agiu!
Eu conheci o meu marido pela internet em setembro/2015. E a partir daí tudo aconteceu.
E aqui aplica-se perfeitamente o verso 5 do Salmo 37: Entrega teu caminho ao Senhor; Confia nEle  e Ele tudo fará!
Nada é em vão. Cada passo dado, com a orientação divina, é um passo certo! Você está enxergando um rumo, mas Deus tem um destino muito melhor para o teu voo.
Não leio cartas, mão, não sou vidente rsrs, mas tento alimentar minha fé de forma que acredito que tudo vai cooperar para o meu bem. Porque Deus me ama, e vai sempre fazer o melhor!
Convido você a caminhar comigo nessa busca de autoconhecimento!

Boa sexta-feira meu povo!!!


3 comentários:

  1. Parabéns Débora, pelas suas conquistas e sua fé em Deus. Hoje você está realizada morando no lugar onde sempre sonhou. E para melhorar ganhou uma bênção divina que foi o Noah. Que Deus te abençoe sempre. Beijos no seu coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém minha mãe, muito obrigada por tudo!!! Beijos pra senhora!

      Excluir
    2. Amém minha mãe, muito obrigada por tudo!!! Beijos pra senhora!

      Excluir